Governador Ibaneis lamenta morte de ex-secretário de Segurança do DF

Coronel João Manoel Brochado, especialista no combate à criminalidade, marcou época no Distrito Federal com a redução dos índices de violência no período em que esteve no GDF

Foto: Renato Alves

O coronel João Manoel Brochado é um homem que deixa exemplos a serem seguidos. Foi um profundo conhecedor das questões de segurança pública no Brasil e no Distrito Federal. Criador do Sistema de Instrução Militar do Exército, foi chamado para assumir a Secretaria de Segurança Pública do DF pelo então governador Joaquim Roriz e teve seu trabalho reconhecido pela população.

O coronel Brochado se especializou no combate à criminalidade usando inteligência, com programas de mapeamento de crime e foi o criador da Rocan, reduzindo drasticamente os índices de criminalidade na época; foi um exemplo de autoridade, que respeitava a autonomia das forças, oferecendo meios para o aperfeiçoamento dos profissionais.

Ele próprio narrou suas experiências em dois livros publicados e obrigatórios para quem quer entender a segurança pública no DF. Teve também uma participação destacada como deputado federal em duas oportunidades, quando se revelou um parlamentar fiel, comprometido com o Distrito Federal.

A morte do coronel Brochado priva o DF de um homem que trabalhou com afinco para que todos pudéssemos ter uma cidade mais segura e acolhedora.

Ibaneis Rocha
Governador do Distrito Federal

Postar um comentário

0 Comentários