Cão de rua ferido é resgatado por policiais e encaminhado a uma clínica escola

  


                                                                                              Uniceplac

Cão de rua ferido é resgatado por policiais e encaminhado a uma clínica escola

 

Alunos de veterinária, sob supervisão de professor médico veterinário, acompanham o caso de um cãozinho atacado por matilha em Santa Maria

 

Um cachorro, gravemente ferido, foi resgatado, em Santa Maria, na última terça-feira (26), por policiais militares do 26º Batalhão. Leão, apelido carinhoso que recebeu dos policiais, já que é considerado uma espécie de mascote pelo Batalhão, foi encaminhado para a Clínica Veterinária do Uniceplac, onde recebeu os primeiros socorros.

“O cãozinho chegou bastante debilitado, com várias perfurações causadas por mordidas de outros cães. Fizemos a limpeza dos ferimentos e, os maiores, receberam pontos, para uma melhor cicatrização”, informou Igor Zimovski, professor e diretor da Clínica Veterinária do Uniceplac, no Gama. Segundo o veterinário, Leão também foi medicado com analgésico e antibiótico, além de ter sido castrado. Após os cuidados pela equipe da clínica, um policial do 26º Batalhão o levou com o intuito de adotá-lo.

O corpo clínico é composto por um médico veterinário responsável - professor ou contratado - que faz o atendimento, e conta ainda com a participação de alunos no acompanhamento dos casos. “O intuito da nossa clínica é auxiliar na formação dos alunos”, destaca o diretor.

 Cães de Brumadinho

Em 2019, a Clínica Veterinária do Uniceplac ofereceu aos cães heroicos (Zeca, Bacco, Nikki e Thor) que atuaram na tragédia em Brumadinho - MG, uma avaliação clínica que foi acompanhada por alunos do 9º período de Medicina Veterinária do Uniceplac.



Postar um comentário

0 Comentários