Idoso recebe alta após 110 dias internados no Hospital Estadual de Luziânia

Com 64 anos, José Natal retornou para sua casa em segurança


Desde dezembro de 2021, o mundo passou por inúmeros acontecimentos importantes. Nesse período, a população viu um conflito entre Rússia e Ucrânia se intensificar, o Brasil quebrou o recorde no número de infecções diárias pela covid-19 e também foi realizado os jogos olímpicos de inverno na China. Enquanto isso, José Natal Marques lutava bravamente por sua vida.

Morador do Jardim Ingá, distrito do município de Luziânia, o aposentado deu entrada no Hospital Estadual de Luziânia (HEL) ainda no ano passado, no dia 2 de dezembro. Com sintomas graves de covid-19, ele foi encaminhado diretamente para a UTI. A luta pela vida teve apoio diretamente na equipe multidisciplinar que,  com o trabalho em conjunto conseguiu a recuperação devida.

Compostos por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, fonoaudiólogos e psicólogas, o grupo decide cada ação a ser tomada para o melhor tratamento individual possível com o intuito da melhora. Para o diretor médico do HEL, Dr. Alexandre Amaral, o episódio ficará marcado na história do hospital. “É um caso emblemático devido às várias situações clínicas vividas pelo paciente de extrema gravidade e c
om pouquíssima chance de reversão. A dedicação das equipes e das lideranças fizeram esse momento gratificante acontecer”, conta emocionado.

Desde sua entrada na unidade hospitalar, foram 110 dias de muita espera por sua saída. Enfim na última terça-feira, 22 de março, José Natal conseguiu sua vitória. Entre familiares e a equipe de saúde, o idoso pode rever seus parentes e dar os abraços que tanto esperou. “Estou muito feliz. Nesses meses internados eu encontrei uma benção, um povo que tinha amor no coração e que cuidou de mim. Os médicos, enfermeiros, fonoaudiólogos e todos são abençoados. Eles me deram o maior carinho do mundo, merecem todo nosso respeito. Se não fossem eles, eu não estaria aqui. Amo todos eles”, contou Marques em sua saída.

Agora, José Natal realizará o isolamento por alguns dias em casa para evitar uma reinfecção. Todo período em domicílio é monitorado virtualmente pela equipe do hospital caso haja a necessidade de outra internação. O idoso também realizará o atendimento ambulatorial, composto por sessões de fisioterapia, psicologia e também suporte médico.


Postar um comentário

0 Comentários