Secretaria de Finanças de Goiânia planeja adotar sistema de administração tributária que possui a melhor avaliação no Brasil

Sefin envia, para Prefeitura de Fortaleza, grupo de trabalho com missão de aprofundar conhecimentos a respeito do sistema de gestão de recursos e planejamento local, que é ranqueado como o mais eficiente do país. Antes do embarque, equipe preparou roteiro com requisitos que administração do prefeito Rogério Cruz considera prioritários para modernizar plataforma


Fotos: Marcelo Castro.

A Secretaria de Finanças de Goiânia enviou, para Prefeitura de Fortaleza, um grupo de trabalho com a missão de aprofundar conhecimentos a respeito do sistema de gestão de recursos e planejamento (chamado de GRPFOR) da capital do Ceará, que é ranqueado como o melhor do Brasil. Antes do embarque, a Sefin elaborou um roteiro técnico com os principais pontos a serem verificados junto ao sistema de Fortaleza.

A visita técnica aconteceu nos dias 30 e 31 de maio e foi o segundo encontro de servidores da Sefin de Goiânia com funcionários da Prefeitura de Fortaleza. O grupo de trabalho se reuniu com os departamentos de cobrança, módulos de cobrança, contábil e métodos de arrecadação e contencioso de Fortaleza.

O roteiro que a equipe levou traz aspectos prioritários do ponto de vista da modernização do sistema tributário financeiros da Sefin. Alguns desses requisitos podem, por exemplo, acelerar processos relativos ao Simples Nacional, ou gerar relatórios mais detalhados, o que ajudaria a administração a se planejar com mais qualidade.

É provável que seja assinado um termo de cooperação mútua pelos dois municípios, que dará, à Prefeitura de Goiânia, o direito de usar o código-fonte do GRPFOR e, eventualmente, alterá-lo, de modo a adaptá-lo às demandas locais, se a Secretaria de Finanças da gestão do prefeito Rogério Cruz assim decidir.

“O retorno a Fortaleza faz parte da etapa de reestruturação da Sefin. Neste processo, o fio condutor é a tecnologia e a implementação de softwares. Um dos pontos é a modernização do nosso sistema próprio e a agilização dos processos tributários do município, com uma plataforma mais moderna. O GRPFOR é um dos três melhores sistemas de administração tributária, avaliados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)”, afirma o secretário de Finanças de Goiânia, Vinícius Henrique Pires Alves.

Postar um comentário

0 Comentários